A IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO PRECOCE DA IMUNODEFICIÊNCIA PRIMÁRIA

  • Ana Carolina da Costa Ferreira UNIFAN
  • Amanda Braollos Silva UNIFAN
  • Ananda Maria Ferreira da Costa FAMP
  • Keilla Candida Pereira UNIFAN
  • Rafaella Fungaro Bagaratti UNIFAN
Palavras-chave: Imunodeficiências, Sinais de alerta, Imunodeficiências primarias

Resumo

RESUMO: Introdução: A imunodeficiência primária é uma herança genética rara que está relacionada a alterações imunológicas e a maior suscetibilidade a infecções e doença autoimunes. Metodologia: A metodologia utilizada foi uma revisão da literatura em que foram feitas buscas nas bases de dados: Scientific Eletronic Library OnLine (SCIELO), National Center for Biotechnology Information (NCBI – PubMed), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE) sobre a importância dos sinais de alerta para um diagnóstico precoce. Discussão: Um distúrbio genético de componentes do sistema imunológico levando a falhas de resposta imunológica, sendo caracterizada por infecções de repetições.  É de grande valia alertar todos os profissionais da área de saúde quanto aos 10 sinais de alerta para começar uma investigação aprofundada. Conclusão: O diagnóstico precoce das IDP é essencial para medidas terapêuticas sejam rapidamente instituídas, reduzindo os riscos de óbito e de complicações e hospitalizações.

Publicado
2019-03-20
Seção
Artigos