GERENCIAMENTO DE PROJETO DE PESQUISA NA SAÚDE

  • Maria da Penha Trindade Pinheiro Xavier
  • Ana Luíza Collares Xavier
Palavras-chave: Gerenciamento de projetos, Pesquisa em saúde

Resumo

A pesquisa desempenha um papel fundamental na área da saúde seja na busca de conhecimentos inovadores como novos tratamentos, desenvolvimento de fármacos, equipamentos ou na vigilância epidemiológica de agravos à saúde. A dificuldade de se escrever e gerenciar projetos de pesquisa muitas vezes esbarra na falta de conhecimento das ferramentas de gerenciamento de projetos por parte do profissional médico ou até mesmo de pesquisadores mais experientes, podendo ser impedimento de submissão de projetos de pesquisas a agências de fomentos, e é sobre esta sistemática que falaremos neste artigo. A maior referência mundial utilizada para as práticas de gerenciamento de projetos é difundida pelo Project Management Institute. Suas publicações de diretrizes e guias de boas práticas são preparadas através de um processo de desenvolvimento em consenso e propõe dez áreas de conhecimento: escopo, cronograma, custo, qualidade, recursos, comunicações, risco, aquisições, partes interessadas e integração, sendo cada uma delas abordadas de forma simplificada neste artigo. Ter conhecimento específico sobre um assunto, saber o que quer fazer é o início do caminho para se realizar uma pesquisa. Ter o conhecimento para escolher o melhor caminho, otimizando recursos, cumprindo o cronograma, avaliando os riscos, garantindo excelências e reprodutibilidade dos resultados, podem significar a garantia de aceitação e publicação dos resultados e o sucesso do projeto de pesquisa na área da saúde.

Publicado
2019-03-20
Seção
Artigos